Los que trotan viven más

Corredores de viver mais

Se trotas (você), a moderação, pode viver mais

Caminhadas podem ajudar você a viver mais tempo. Mesmo, você não precisa movimentar-se para níveis extremos para alcançar estes resultados saudáveis. Isso indica um recente estudo que foi apresentado na reunião da Associação Europeia de Prevenção Cardiovascular e Reabilitação chamada EuroPRevent2012, em Dublin, Irlanda.

Através de muitos dos artigos que publicamos em www.vidaysalud.com muitas vezes, lembramos a importância de escolher uma rotina de exercícios, pois isso melhora a qualidade de sua vida. Manter o corpo em movimento dá-lhe muitos benefícios para a saúde. Por exemplo, ajuda a prevenir algumas doenças crônicas, como diabetes, pressão alta e problemas de coração, permite que você aliviar o estresse, melhorar o humor e manter o peso desejado.

O que ainda estamos investigando é que tipo de exercícios são os melhores e como age cada um no corpo das pessoas. Além disso, cada pessoa é diferente e o que é mais apropriado para alguém pode não ser para outra. Por esta razão, as investigações que tentam analisar como poderia ter impacto este ou aquele exercício na saúde, o que ajuda a melhorar ou a combater certas doenças, e como fazê-los realmente dar bons resultados são muitas e variadas.

Um exemplo recente é o de um grupo de cientistas da Sociedade Europeia de Cardiologia apresentou um estudo segundo o qual jogging regularmente pode adicionar para 6,2 anos em homens e 5,6 em mulheres. Os resultados foram publicados em EuroPRevent de 2012, uma reunião da Associação Europeia de Prevenção Cardiovascular e de Reabilitação, que, este ano, foi desenvolvido, no início de maio, em Dublin, na Irlanda.

Os pesquisadores compararam a mortalidade do atleta e não atleta que participou de um estudo de uma população de 20 mil pessoas de 20 a 93 anos de idade, que começou em 1976. Perguntou para a 1.116 homens e 762 mulheres que trotaban em sua rotina de corrida, incluindo a velocidade com que e por quanto tempo eles fizeram cada semana.

Desta forma, eles descobriram, que no período de follow-up de até 35 anos, morreu 10.158 pessoas que não trotaban e 122 jogger. Isso correspondeu a uma redução de 44% no risco de óbito para o corredor de ambos os sexos.

Em paralelo, uma curiosa informação e impressionante que os pesquisadores descobriram foi que o jogging a um ritmo lento durante 1 a 2 horas e meia por semana, desde os mais significativos benefícios, e a mortalidade foi encontrado para ser mais baixo entre as pessoas que relataram jogging com a moderação que entre os não corredores ou aqueles que se envolvem em níveis extremos de exercício.

Entre os benefícios para a saúde que contribuem para o aumento da expectativa de vida dos corredores, os pesquisadores citaram a absorção de oxigênio, a sensibilidade à insulina, aumento de colesterol “bom” HDL-colesterol e redução nos triglicérides, melhora a função cardíaca, o psicológico e o sistema de defesas (imune), a proteção da densidade óssea (ossos), a capacidade para manter baixa a pressão arterial e a prevenção da obesidade.

Estes dados são encorajadores, embora, no momento, deve ser considerado preliminar, porque eles devem ser analisados e aprovados por outros profissionais dentro da comunidade científica. Além disso, é ainda necessário dispor de novos estudos que vai ajudar a expandir o conhecimento sobre este tópico.

Entretanto, lembre-se que sempre, e que tudo conta na hora de pô-lo em atividade, e para casa ao sair para caminhar, correr (jogging), andar de bicicleta ou dar aulas de fitness. O importante é não ficar sedentário.

 

© Imagem iStockphoto.com / Andrew Helwich

Comentários

Tags

  • Compartilhar este post

Comentários

  • Obrigado pela saudável informações com os Exercícios e para mim isso é ótimo lia e com certesa eu digo que eu faço exercício, adios.

  • os meus parabéns a toda a equipe,estão fazendo um trabalho muito importante.agora isso depende das pessoas que querem o seu corpo e mudar sua vida.Eu gostaria de por favor, envie um relatório sobre a soja e seus benefícios obrigado.

  • Muito bons conselhos

  • muito bom comentário,eu concordo totalmente com o que foi transmitido.

  • Eu queria dizer bom o artigo.

  • CARO DOUTOR: MUITO OBRIGADO PELA SUA VALIOSA DE INFORMAÇÕES.NA CIDADE ONDE EU MORO, A INSEGURANÇA E A POLUIÇÃO TORNAR DIFÍCIL A CAMINHADA, MAS EU GOSTO QUE REVELA A IMPORTÂNCIA DO EXERCÍCIO FÍSICO. EU TENHO UM PEQUENO GRUPO DE AMIGOS COM ARTRITE E NÃO PODE CORRER, MAS, CAMINHAR TODOS OS DIAS NOS AJUDA E NÓS TEMOS OBSERVADO QUE QUANDO DEIXAMOS AS SAÍDAS COMO O NOSSO CORPO SE DECOMPÕE, E TEMOS FALTA DE EXERCÍCIO.
    DEUS CUIDAR DE TI .

  • Muito obrigado por todas as suas informações que eu acho útil e prático. Doutor, Você está fazendo um bom para a comunidade. Eu sou diabética e estou interessado muito por seus artigos. Você pode fazer perguntas para entender melhor meu diabetes?

  • Se obrigado por suas dicas nos fazem tanta falta, e se eu fizer k o exercício é a base para uma boa saúde, eu gostaria de fazer exercício.

  • Olá dr. liza muito interessante a sua página entre eu adorei que bonitinho dicas e conselhos sobre a saúde
    d a fez muito sobre latietas e a importância de fazer exercício muito obrigado que DEUS os abençoe.